fbpx
Home » Open Innovation » Confira 4 grandes empresas que souberam aplicar inovação aberta com sucesso
Inovação Aberta

Confira 4 grandes empresas que souberam aplicar inovação aberta com sucesso

29 de agosto de 2022

O termo Inovação Aberta está bastante disseminado nas empresas hoje em dia. A maioria das organizações já entenderam a importância do conceito e perceberam os resultados favoráveis que ele pode trazer. Agora, o momento das empresas que já praticam a Inovação Aberta é de buscar novas maneiras de inovar, seja trazendo a prática para o planejamento estratégico, disseminando o tema entre os times internos e abrindo espaço para colaboração, fortalecendo conexões com parceiros e outros players do setor, dentre outras oportunidades.

No entanto, apesar da prática estar ganhando cada vez mais notoriedade no meio corporativo, ainda há empresas que apresentam resistência ao modelo, pois não entendem o seu real propósito. Entretanto, é necessário mudar essa mentalidade, pois o modelo de Inovação Aberta vem trazendo vantagens para todas as partes envolvidas. A mentalidade de sucesso do século XX, em que se acreditava que a empresa cresceria apenas com esforços internos e informações internas, já não é tão eficiente nos dias de hoje. No mundo corporativo atual, é essencial compartilhar e fornecer informações com outras organizações para expandir as operações do negócio e aumentar as chances de sucesso. 

Nem todas as informações principais e confidenciais da empresa serão compartilhadas com terceiros, afinal, são dados sensíveis e valiosos que precisam ser preservados. Entretanto, ao mesmo tempo que queremos e devemos proteger informações relevantes da nossa empresa, também é possível compartilhar alguns dados e estabelecer conexões com terceiros. Deste modo, estaremos otimizando o nosso tempo e recursos, ampliando a nossa maneira de encontrar soluções inovadoras para os desafios presentes na empresa. 

Para exemplificar melhor, trouxemos 4 cases de inovação aberta, realizados por grandes empresas, consolidadas e de destaque em seus mercados, que mostram diferentes formas de aplicar o conceito. Iremos mostrar que, apesar da essência do modelo ser partilhar informações com agentes externos à organização, a prática pode ser aplicada de inúmeros modos, basta encontrar aquele que mais se adequa às necessidades do grupo.

1 – Lego

A Lego, uma das maiores fabricantes de brinquedos do mundo, é uma das empresas que usa a inovação aberta de uma maneira bem inusitada, e que conta com a participação de seus consumidores para isso.

A empresa criou a Lego Ideas, sua plataforma de inovação aberta. Com ela, o público pode sugerir novos produtos para a marca, participar de concursos com prêmios, compartilhar ideias, pensar em novos brinquedos, entre outras ações. As melhores ideias dos fãs, sejam bonequinhos, cenários ou objetos, são votados pelo público e aqueles que tiverem a maior quantidade de votos, a Lego transforma em produtos oficiais para a venda. 

O modo como a organização utiliza a Inovação Aberta é bem interessante, pois foge dos padrões mais conhecidos, que seria trabalhar em conjunto com Startups, institutos e demais empresas. Ao convidar o seu público para recomendar produtos inéditos, a Lego está valorizando toda sua comunidade e demonstra que a participação deles é essencial para a empresa.

O Canvas de Empatia e o Canvas Jornada do Cliente são duas ferramentas de inovação que visam compreender as necessidades dos consumidores. Para elaborar uma ação nos moldes da Lego, é preciso primeiro entender o seu público-alvo, e os dois modelos acima são recomendados para isso. 

2 – Samsung 

A Samsung é outra grande referência quando estamos falando de inovação aberta no mercado. Isso porque a empresa criou o Samsung Open Innovation Program, iniciativa que explora 4 formas distintas de praticar o conceito em seus processos:

  • Parcerias: Núcleo no qual a Samsung trabalha com empresas e startups para desenvolver novos produtos e serviços para seus consumidores. 
  • Empreendedorismo: Divisão em que a fabricante investe em startups em estágio inicial de maturação, podendo acessar e utilizar as novas tecnologias desses negócios.   
  • Aceleradoras: Criação de um ambiente inovador e empoderador para as Startups, para que elas possam desenvolver novas ideias. 
  • Aquisições: A Samsung adquire startups e organizações que trabalham em áreas de inovação alinhadas com a visão de estratégia do grupo.

As iniciativas da Samsung visam trabalhar em equipe com inovadores, engenheiros, desenvolvedores, entre outros profissionais para criar e resolver diferentes conflitos dos seus consumidores e da sociedade, através de um ambiente corporativo que apoia os seus colaboradores e empreendedores. O mais interessante de tudo é que a fabricante também tem o seu departamento interno de pesquisa, demonstrando que é possível trabalhar tanto com players externos quanto de maneira própria. 

Falando em aquisições de startups, em conjunto com a Ernest Young, a Venture Hub lançou o report ESTRATÉGIAS DE INOVAÇÃO ABERTA. O conteúdo aborda o cenário de M&A (merge and acquisition) nos setores Food e Agro do Brasil. Além disso, o relatório também traz dados sobre fusões e aquisições de empresas e startups no país, e entrevista com especialistas da área.

3- Coca-Cola

A Coca-Cola é uma empresa que sempre inova de diferentes maneiras, isso é perceptível tanto em seus produtos quanto em ações com o público. Para continuar inovando e trazer novidades para seus consumidores, a organização adota dois modelos de inovação, um focado na colaboração com empresas, startups, institutos e demais grupos, enquanto o outro trabalha com seu público-alvo. 

O programa de aceleração da Coca-Cola está espalhado em oito cidades do planeta, incluindo o Rio de Janeiro, e é destinado a auxiliar startups a encontrarem caminhos para melhorar a qualidade da marca e de seus produtos. Além disso, a fabricante também conta com diversos programas de aceleração e conexão, com o objetivo de acelerar novos negócios que já têm ideias validadas e testadas, além de investir em pequenas empresas que estão validando as suas soluções e precisam de aporte financeiro e técnico. 

Com os consumidores, o grupo Coca-Cola aplica uma ação parecida com a da Lego. A empresa disponibiliza em algumas cidades, máquinas com diferentes sabores do refrigerante, na qual a clientela pode misturar os refrigerantes e sugerir um novo produto para a empresa. Os modelos atuais desta máquina gravam a combinação dos consumidores para que, quando eles estiverem em algum outro lugar do planeta que tenha essa máquina, possam pedir a bebida via o app mobile da empresa. 

Se você é uma startup e deseja crescer e expandir suas operações, a Venture Hub pode te ajudar a chegar lá! O TechStart, ecossistema de inovação aberta, possui programas de aceleração com foco em soluções digitais para desafios dos principais mercados brasileiros: Agro, Food, Logística e Saúde e Longevidade

4- Meta

Diferente das duas empresas citadas acima, o Meta pratica a Inovação Aberta com a Inovação Fechada. A empresa-mãe do Facebook realiza hackathons com seus colaboradores para gerar novas oportunidades e ideias. O intuito dessas dinâmicas é retirar os times de suas zonas de confortos e fazer com que eles trabalhem com coisas fora do comum de seus departamentos, proporcionando um ambiente de trabalho seguro em que os colaboradores possam sugerir e criar novas iniciativas,  fazendo com que eles gostem da experiência e vejam que estão fazendo a diferença na organização. 

Desse jeito, o Meta espera que colaboradores de diferentes áreas possam compartilhar experiências táticas, apontar barreiras que possam haver na organização e sugerir soluções para entraves que estão atrasando o crescimento dessas divisões. 

A Venture Hub, dentre outras ações, realiza jornadas corporates para e com empresas de todos os tamanhos, em que apresentamos os conceitos de inovação através de metodologias ágeis, ferramentas de inovação e dinâmicas práticas, elevando o protagonismo dos times e trazendo resultados reais para a empresa, sempre alinhados aos seus objetivos estratégicos. No case da Plastipak, você conhecerá um pouco mais de uma possível jornada. Entenda como podemos ajudar a sua jornada para inovação clicando aqui

Cada empresa funciona de uma forma diferente e é importante entender os desafios, objetivos e considerar a estrutura do seu negócio para identificar a melhor maneira de inovar se conectando com agentes externos. No entanto, é importante começar já a praticar a inovação aberta, pois o modelo vem se destacando e se tornando um fator de sucesso essencial no mercado empresarial. Optar por continuar apenas no formato de inovação fechada, pode limitar as suas oportunidades de crescimento.   

Quer ficar por dentro das novidades da Venture Hub e conferir dicas sobre inovação? Acompanhe a gente em nossas redes sociais: Instagram. e LinkedIn.

A Venture Hub pode te ajudar a ser protagonista no processo de inovação da sua empresa. Podemos te apoiar, por meio de iniciativas estruturadas, que englobam desde movimentos de transformação cultural até ações mais específicas e aprofundadas de inovação aberta. Entre em contato com a nossa equipe e veja como podemos te auxiliar.

Receba nossos conteúdos no seu e-mail
Preencha o formulário abaixo para receber em seu e-mail nossos conteúdos sobre o universo da inovação e do empreendedorismo.

Eventos

Venture Hub Campinas
(19) 99768-3021
Av. José dos Santos Marques, 28
Parque das Quaresmeiras, Campinas/SP

Venture Hub Manaus
(92) 3308-1121
Av. Gov. Danilo de Matos Areosa, 1199, Bloco J (2º andar)
Distrito Industrial, Manaus/AM”;

© Todos os direitos reservados © 2022 ⋅ Venture Hub