O TechStart Food Innovation é um programa de aceleração e inovação aberta criado pela Venture Hub para ajudar startups, empresas, indústrias e instituições a acelerarem negócios e tecnologias para o setor de ingredientes, alimentos, bebidas e embalagens.

INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 26 DE SETEMBRO


Quero fazer parte

Benefícios do programa

Veja todas as vantagens garantidas a você e
a sua startup ao trabalhar conosco:

Interação regular com o time de aceleração Venture Hub e parceiros para a revisão do progresso, bem como Office Hours e Mentorias.

Eventos e workshops de treinamento – finanças, tecnologias, marketing, tração, investimento, entre outros.

Espaço de coworking (mesa de trabalho, internet e cafezinho) em um ambiente criado para trocas de conhecimento e colaboração.

Acesso a informações e modelos em plataformas de inovação da indústriade alimentos.

Oportunidades de networking qualificado no ecossistema que mais desenvolve tecnologia no Brasil e está conectado com o mundo todo.

Acesso facilitado a infraestrutura e recursos para o desenvolvimento de testes de MVP e POCs.

Mentorias com especialistas de negócios e de tecnologias, tomadores de decisão do setor e especialistas em aceleração.

Interação organizada com corporações, pesquisadores, CEOs de outras startups etc.

Conexão com investidores e fundos de investimento.



Quero aproveitar as vantagens


Você está pronto para acelerar e fazer parte do futuro do seu mercado?


Inscreva-se



Quem deve se aplicar

Procuramos especialmente startups que já tenham passado pelas fases de validação inicial, tenham um time comprometido e estejam trabalhando em algum dos temas a seguir.

Mas não se limite! Se você acredita que a sua startup é relevante para o programa, nós aceitaremos sua inscrição para o processo seletivo.



Novas formas de consumo, segurança e distribuição

Sistemas e soluções que abrangem o desenvolvimento de serviços e plataformas de integração de dados e algoritmos, com o objetivo de identificar e estruturar novas formas de consumo, ampliar a segurança e melhorar a distribuição.


Aplique-se

ETAPAS DO PROGRAMA

Para fazer parte do TechStart Food Innovation, é necessário passar pelo processo de seleção. A seguir estão todas as etapas do nosso programa.





Startups aceleradas pelo TechStart Food Innovation


VENTURE HUB ECOSYSTEM PARTNERS



Apoio Institucional





TechStart Food Innovation para Corporates

Inovação aberta como deve ser

TechtStart é uma maneira rápida, simples e eficiente de empresas colherem
benefícios reais e impactantes através de ecossistemas de inovação aberta.

Entenda, participe e crie novos modelos de negócio - mais eficientes e sustentáveis para sua empresa - de forma colaborativa.

Acesse novos mercados e tecnologias disruptivas para o seu segmento.

Encontre soluções para os desafios atuais e futuros da sua organização e do novo mercado.

Acelere a transformação na sua empresa por meio de conexão com startups, empreendedores e mentores.

Aprenda e exercite com seu time interno metodologias ágeis e o mindset colaborativo.

Trabalhe a cultura inovadora e a transformação tecnológica e digital dos times internos no startup way.

Junte-se ao ecossistema de inovação para trabalhar de maneira integrada, dentro de um processo que aumenta muito a chance de sucesso na resolução de desafios operacionais ou de negócios, desenvolvimento de atuais e futuros mercados, produtos e tecnologias disruptivas.



Falar com especialistas

O quão longe você quer
chegar no mercado?

Se está em seus planos se tornar uma empresa referência e que se destaca no setor, o TechStart Food Innovation está alinhando com a sua mentalidade e com os seus objetivos de negócio.

Por isso, aproveite essa grande oportunidade que somente a junção do conhecimento e experiência do Ital (Instituto de Alimentos) com o know how e agilidade da Venture Hub podem te proporcionar.


Inscreva-se no programa

QUEM SOMOS

Atualmente acelerando mais de 100 startups ao ano, a Venture Hub é uma plataforma de aceleração de startups e inovação corporativa que une empreendedores, grandes corporações, centros de tecnologia, empresas emergentes e investidores, promovendo um engajamento orientado para resolução de desafios, experimentação de modelos e crescimento de novos negócios.

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) é referência no mercado nacional na realização de atividades de pesquisa, desenvolvimento, assistência tecnológica, inovação e difusão do conhecimento nas áreas de embalagem, transformação, conservação e segurança de alimentos e bebidas.


FAQ – Dúvidas Frequentes

Warm up é uma fase do processo de seleção, na qual acontecerão 10 encontros, 100% online, durante os meses de outubro a dezembro de 2021 com o objetivo de contextualizar as startups e projetos nos processos de aceleração de negócios e de tecnologia.

É também nesta fase, em que nosso time conseguirá analisar os participantes e compreender seus estágios e como o programa poderá ajudar.

Durante esta fase não há comprometimento de equity. Este tema é tratado claramente na fase posterior ao Warm up, com as startups e projetos selecionados.

Depois da sua inscrição completa você passa a participar do nosso processo de seleção.

  Ele é composto pela análise da sua ficha de inscrição. Podemos também entrar em contato para tirar algumas dúvidas. Após a análise da sua inscrição pelo time Techstart, convidamos as Startups que possuem maior fit com o programa para participarem do Warm Up. 

No Warm Up aprofundaremos a análise das Startups para então convidar as Startups para o Programa de Aceleração Techstart.

O Warm Up, etapa do processo de seleção, é totalmente online. Depois dela selecionamos as startups para participar do programa de aceleração.

Nosso programa é rodado na cidade de Campinas, com possíveis visitas à campo no interior de São Paulo e outras localidades. O programa tem 21 semanas divididas em 5 blocos (que chamamos de sprints). Temos 1 sprint de uma semana e 4 sprints de 5 semanas cada. As duas semanas iniciais e a última semana de cada, contém dias com atividades presenciais obrigatórias – como sessões de aceleração em grupo e treinamentos – e é esperado que os participantes estejam presentes fisicamente nessas ações.

Por outro lado, pelo formato do programa, e uma vez que são incentivadas atividades de campo como relacionamento com cliente, realização de POC’s, etc, consideramos que seu time poderá passar algum tempo trabalhando em outras localidades.

NOTA: Devido a pandemia, o programa de aceleração 21/22 começará no formato totalmente online. À medida que a vacinação no país avança e o cenário melhore, podemos retomar o formato presencial.  

É difícil ter precisão sobre a quantidade de tempo a ser dedicado por cada Startup, mas em linhas gerais esteja preparado para se dedicar bastante. 

O programa tem 21 semanas de Hardwork. Essas semanas são alocadas em 5 sprints (1 sprint de uma semana – Onboarding – e 4 sprints de 5 semanas cada). Nos sprints realizamos atividades de aceleração tecnológica, aceleração do negócio e relacionamento com parceiros (empresas, instituições e até ecossistemas de inovação).

Há sessions (os encontros semanais), mentorias, treinamentos e eventos de networking. Abordamos temas como tração, funding, formação de time, estratégia de go-to-market, entre outros assuntos relevantes.

Se tiver que tomar uma decisão, considere o seguinte: Provavelmente você não vai conseguir aproveitar o programa ao máximo se não tiver, no mínimo, uma pessoa do time dedicando de 20 a 30 horas semanais para atividades relacionadas ao programa.

Nosso time de aceleração é multidisciplinar e possui competências de gestão e também competências técnicas especificamente relacionadas ao agronegócio digital e tecnologias afins.

Nosso time de aceleração é composto por diretores e facilitadores experientes, pessoal de relacionamento com parceiros e com o ecossistema.

Nos encontros presenciais, de mentoria e eventos de networking, normalmente os mentores compartilham suas experiências e dão feedback para as startups. Alguns mentores se disponibilizam para atuarem mais de perto em parte dos negócios.

Como boa prática costumamos pedir às startups que notifiquem suas dificuldades com antecedência, e dessa forma conseguimos bons matches com mentores e parceiros.

Quando em Campinas, as Startups poderão contar com o Innovation Hub Campinas, que é um co-working focado em inovação aberta e startups, com residentes que se ajudam para acelerar o desenvolvimento de seus negócios. O número de vagas é limitado por Startup.

O uso do espaço é organizado com a empresa responsável. Tanto da Venture Hub como dos parceiros.

Não. É esperado que os responsáveis por negócios e tecnologias participem do programa, não sendo obrigatória a participação de todo o time.

Além disso, ainda que não seja obrigatória a participação de todos os fundadores, o comitê de avaliação levará em conta o time designado pela empresa para realizar o processo de aceleração, e isso pode ter forte impacto no aceite ou não da startup no processo de aceleração.

Sim, para entrar no processo de seleção basta preencher o formulário gratuitamente.

Estamos buscando startups mais maduras, que já tenham alguma validação de produto / mercado e que, de preferência, estejam realizando vendas em um modelo possivelmente escalável. Porém, se você está em dúvida sobre seu estágio e se deve ou não se inscrever, recomendamos que se inscreva! Temos casos de startups iniciais que evoluiram muito durante o Warm Up e o Programa de Aceleração.

O Warm Up do TechStart é equity free, ou seja, não há contrapartida em equity de sua Startup.

Para a participação no Programa de Aceleração TechStart, que acontece após a finalização do Warm Up, caso sua startup seja selecionada pela equipe TechStart e entendamos que faz sentido a entrega de valor que o programa oferece e o que sua startup precisa, fazemos uma proposta de contrapartida em equity.

Nossa proposta geralmente não ultrapassa 4% de participação e nossos contratos são de "Opções de Equity", onde podemos exercer um direito de entrada a partir de um movimento de liquidez futuro.

E claro, você sempre tem a opção de aceitar ou não nossa proposta!

Lembrando que o Techstart não faz investimentos financeiros nas startups, ainda que possamos exclusivamente decidir fazê-lo por meio de nossos veículos de investimentos. No programa, a contrapartida em equity é pela participação no próprio programa. Temos total interesse no crescimento de todos as startups participantes e fazemos sempre o nosso melhor para alavancar cada uma.

Temos nossos contratos padrão, mas tratamos cada Startup de forma individualizada quando necessário.

Sendo assim, os contratos são customizados à medida da necessidade, em conjunto por nossos advogados e os advogados da Startup, incluindo adequações para startups de maior porte, que muitas vezes se enquadram em modelos societários como sociedade anônima (SA), por exemplo.

Além disso, durante o processo de seleção e entrevistas para a participação no Programa de Aceleração, caso seja aplicável, esclarecemos todos os pontos de dúvida dos contratos para que a Startup se sinta confortável em seguir.

Temos bastante experiência nesse assunto e sabemos que pode acontecer de ser a primeira vez que os empreendedores têm contato com esse tipo de assunto.

Pode, mas o aceite da participação depende de uma série de fatores. Em geral, desde que o outro programa não comprometa seu desempenho no TechStart Agro Digital, não há regra que impeça sua participação.

Sim! Pegue este tempo para desenvolver seu negócio e sua proposta. Seja bem-vindo para novas aplicações no futuro.

Você pode deixar sua pergunta através do próprio formulário de inscrição, utilizando o campo “Como podemos te ajudar?”.