fbpx

Canvas de Projeto + Framework de Feedback

O Canvas de Projeto, ferramenta criada pelo brasileiro José Finocchio, tem como objetivo ajudar empresas, startups e instituições em geral a terem uma visão macro do planejamento de um projeto que essas organizações estão realizando. Diferente dos modelos tradicionais, em que o gerente de projetos escrevia um documento com as principais informações sobre o produto e os demais colaboradores apenas concordavam ou discordavam da esquematização, o Canvas de Projeto é feito de maneira colaborativa, com pessoas de vários segmentos da companhia: marketing, vendas, financeiro, entre outros.
Por sua vez, o Framework de Feedback é uma ferramenta que promove a troca de experiências e informações sobre os projetos. Pessoas externas, sem relação alguma com os realizadores do projeto, analisam ele e apontam os pontos positivos e negativos do esquema, verificando a sua viabilidade.

Canvas de Projeto + Framework de Feedback:
para que serve?

Como citado acima, a ferramenta serve para que todos os envolvidos no projeto tenham uma visão macro do que será executado pela empresa. Além disso, com a ferramenta, também é possível encontrar inconsistências no projeto, identificar os benefícios para o negócio e mensurar os impactos que a ideia terá tanto na organização quanto em terceiros: stakeholders e consumidores, por exemplo.

Com o Framework de Feedback, os idealizadores do projeto recebem respostas do que funcionou, do que não funcionou, do que precisa melhorar e do que pode ser descartado na ideia que eles criaram.

Canvas de Projeto + Framework de Feedback
Como Utilizar
Introdução Canvas de Projeto

O Canvas de Projeto está dividido em 13 blocos e em 5 categorias: Por quê?, O quê?, Quem?, Como? Quando e Quanto? Igual a estrutura do Canvas 5W2H. O diferencial desta ferramenta é que os blocos estão conectados aos blocos vizinhos. 

Passo 01:

Por Quê?

Nesta primeira categoria, você irá encontrar os seguintes blocos: Justificativa, Objetivos e Benefícios, e irá explicar as razões pelas quais esse projeto precisa existir. É necessário detalhar os pontos-chave em cada um dos tópicos e fazer a conexão entre eles. Caso algum dos itens não se conecte, então haverá uma inconsistência no projeto.

No campo Justificativa, escreva a principal razão desse projeto: É para evitar riscos? Entregar um novo produto ou serviço para os consumidores? Arrumar algum problema público? Enfim, existem várias possibilidades, mostre porquê a ideia precisa ser realizada. 

Como o próprio nome sugere, os objetivos significam o propósito do projeto. O objetivo é substituir um poste de luz? Lançar um aplicativo mais dinâmico e funcional para os clientes? Trazer novos consumidores para a marca?

Por fim, os Benefícios são os impactos positivos que irão surgir com a implementação do projeto, podem ser diminuição de perigos na sociedade, aumento de engajamento nas redes sociais da empresa, diminuição na taxa de desemprego, entre outras vantagens.

Passo 02:

O Quê? 

Nesta próxima coluna, será escrito o que será realizado no projeto: Pode ser um produto, aplicativo ou serviço. Aqui serão utilizados os campos Produtos e Requisitos, em que, no primeiro item, será esclarecido o que será feito no decorrer do produto ou projeto, enquanto no segundo será informado as exigências necessárias para a viabilização do projeto.  

Passo 03:

Quem? 

Na terceira parte da ferramenta, você irá apontar quem são as pessoas que estão supervisionando o projeto e quais são as suas responsabilidades e deveres, além de indicar quem são os stakeholders, aqueles que apoiam a ideia e investem nela. Para isso, use as seções Stakeholders e Equipe.

Passo 04:

Como?

Premissa”, “Grupos de Entrega” e “Restrições” são os blocos presentes na coluna “Como”, e nesses tópicos serão abordados o modo como o projeto será feito, quem serão os responsáveis por entregar as etapas nas datas previstas e quais as práticas que serão evitadas ao longo do projeto.

Passo 05:

Quando e Quanto?

Basicamente, o último passo refere-se ao cronograma e orçamento do projeto. Com os blocos “Riscos”, “Linha do Tempo” e “Custo”, escreva a data de início e conclusão do projeto, quanto de dinheiro será necessário para transformá-lo em realidade e os possíveis obstáculos que podem aparecer ao longo da produção, afetando as datas combinadas. 

Feito todos os processos acima, chegou a hora de aplicarmos o Framework de Feedback. Com todos os blocos bem definidos, estruturados e organizados, está na hora de receber os feedbacks em relação ao seu projeto. Para isso, chame pessoas externas, ou seja, aquelas que não tiveram nenhuma relação com o trabalho, e peça para elas analisarem o Canvas de Projeto. 

Introdução Framework de Feedback

O uso da ferramenta é bem simples e prático. Resumidamente, desenhe duas linhas em um papel, uma na vertical e outra na horizontal. Ao fazer isso, você terá 4 quadrantes a disposição, 2 na direita e 2 na esquerda. Agora, classifique cada um dos segmentos em “Funciona”, “Precisa Mudar”, “Dúvidas” e “Novas ideias”.

Passo 01:

A primeira coisa a ser analisada é o que funciona no projeto e deve ser mantido da maneira que está. Veja o que as pessoas têm a falar sobre os blocos e o que elas acham das informações que estão contidas nele. 

Passo 02:

Depois disso, chegou a hora de analisar o que é bacana no projeto, mas poderia ser melhorado. Peça críticas construtivas dos avaliadores e pergunte o quê, na opinião deles, exige mudanças é porque eles acham isso.

Passo 03:

Por fim, verifique se não existem dúvidas em relação ao projeto, tanto para as pessoas que elaboraram a ferramenta quanto para aqueles que estão analisando-a. Se houver questionamentos, volte para o campo em que apareceu essa incerteza, reestruture ela no Canvas e veja se ela está de acordo com todos os outros blocos, garantindo que mais nada seja afetado.

Passo 04:

Com todas as avaliações feitas acima, a última coisa que se deve fazer com Framework de Feedback é pegar todas as respostas dos campos “Precisa mudar” e “Dúvidas” e misturá-las na seção “Ideias”. Examine o que pode ser descartado e quais ideias podem ser combinadas, e veja onde elas podem ser integradas na ferramenta. 

Com tudo isso feito, você terá uma visão macro de todo o planejamento do seu projeto e estará apto a colocá-lo em execução.

Venture Hub Campinas
(19) 99768-3021
Av. José dos Santos Marques, 28
Parque das Quaresmeiras, Campinas/SP

Venture Hub Manaus
(92) 3308-1121
Av. Gov. Danilo de Matos Areosa, 1199, Bloco J (2º andar)
Distrito Industrial, Manaus/AM”;

© Todos os direitos reservados © 2022 ⋅ Venture Hub